Sidebar

 
 

Apresentação, Histórico e Significação Social

 

 

Localizado no Distrito de Aparecida, pertencente ao Município de São Manuel (Microrregião de Botucatu), no coração do Estado de São Paulo, o Instituto de Ensino Superior de São Manuel tem se dedicado há décadas à formação de profissionais de qualidade para a educação de base, no objetivo de suprir a demanda constante de professores de todo um enclave educacional (composto principalmente pelo eixo Marília-Bauru-Botucatu) que teve por missão fundamentar e acompanhar de perto o desenvolvimento econômico das cidades do Centro e Oeste Paulista. No transcurso desse período, o Instituto pôde ser a casa de formação de mais de 3000 alunos, muitos dos quais viriam a ter papéis de destaque nos diversos setores educacionais – públicos e privados – da região.

Como uma autarquia municipal, o IMES-SM comprometeu-se, desde seu início, com sua condição de espaço público e democrático de construção e disseminação de ideias e com a luta contra as desigualdades sociais. Nesse sentido, teve por princípios o estímulo à liberdade de discussão política e a manutenção de mensalidades muito abaixo das praticadas pelo mercado, demonstrando um sem número de vezes sua capacidade de gestão econômica e eficaz, o que garantiu sua permanência como opção educacional durante todo o período de democratização do país e, mais tarde, durante a implantação da economia Real, vivenciando os altos e baixos das políticas econômicas das décadas de 1980 e 1990.

Por fim, nos últimos anos, enquanto os programas sociais alicerçavam um novo ciclo de crescimento, o IMES enfrentou com coragem as dificuldades advindas da baixa procura por cursos de licenciatura e, reinventando-se, procurou buscar nas novas demandas das empresas e negócios da região a solução para sua sobrevivência, encontrando no mercado a oportunidade para abertura de vagas no curso de Psicologia, uma ponte confiável de conexão entre os setores da saúde, educação e organizacional. Hoje, esse olhar mais técnico sobre a realidade socioeconômica é a pauta de decisões sobre a qual opera seu plano de gestão estratégica, no entendimento de que o papel de um instituto de educação pública é oferecer o suporte necessário ao desenvolvimento econômico e social de sua região.

 

 

O INSTITUTO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR – SÃO MANUEL – IMESSM, iniciou suas atividades no Sistema Federal de Ensino com a denominação de Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Manuel, autorizada pelo Decreto n.° 71.069 de 22/12/72, mantida pela Instituição Toledo de Ensino, com os cursos de Letras, Pedagogia e Estudos Sociais, todas licenciaturas de 1.° Grau. Pela Lei 1179, de 14/08/79, a Prefeitura Municipal de São Manuel recebeu doação da Instituição Toledo de Ensino, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Manuel, incorporando-a ao seu patrimônio.

Foi então criado, após autorização do Conselho Federal de Educação (CFE), pela Lei Municipal n.° 1260, de 30/11/82, o atual Instituto Municipal de Ensino Superior de São Manuel, autarquia municipal de regime especial. A transferência de mantenedora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Manuel, atual IMESSM, foi aprovada pelo Parecer n.° 767/81, do CFE, o que se deu através do Parecer CEE 644/84 e Portaria Ministerial n.° 452, de 01/11/84.

A vinculação do Instituto Municipal de Ensino Superior de São Manuel ao Sistema Estadual de Ensino foi aprovada pelo Parecer n.° 156/85. Em 1987, o Instituto requereu a conversão das licenciaturas de 1.° Grau em Licenciaturas Plenas, aprovadas preliminarmente pelo Parecer CEE n.° 1506/87, efetivadas pelo Parecer CEE n.° 1212/89 e autorizadas pela Portaria n.° 956, de 11/06/91.

Os cursos de Letras – habilitação em Português e Literatura de Língua Portuguesa; e de Pedagogia – habilitação em Administração Escolar e Supervisão Escolar nas escolas de 1.° e 2.° Graus; do IMESSM, foram reconhecidas obedecendo ao disposto no art. 47 da Lei 4.540 de 28/11/68, com redação dada pelo Decreto n.° 83.857, de 15/08/79, conforme Parecer CEE n.° 851/92, de 08/07/92.

Além dos tradicionais cursos de Letras e Pedagogia, o Instituto passou a contar também, nos últimos anos, com um Bacharelado em Psicologia, correspondente ao perfil da Formação de Psicólogos, conforme Portaria CEE/GP n.° 171/2007, de 09/05/2007 – DOE. A partir do ano de 2011, obteve-se também aprovação para o funcionamento do curso de Licenciatura em Artes Visuais conforme Portaria CEE/GP n.° 201, de 15/04/2011 – DOE. Para os anos futuros, o plano de gestão estratégica do Instituto prevê ainda a abertura de outros cursos no intento de suprir a carência de mão de obra devidamente qualificada em setores industriais e administrativos da região, bem como dar continuidade à sua vocação original na área educacional e buscando atender a procura por alguns cursos específicos, como o de Jornalismo.

 

 

            O IMES-SM ocupa um edifício de dois andares e 1200m2, comprado do Instituto Missões Consolata – IMC, sucessora da sociedade Missionários de Nossa Senhora Consoladora, no ano de 2005. O edifício abrigava um seminário de padres e foi vendido à época pelo valor de 370 mil Reais, hoje avaliado em uma cifra maior. A área total adquirida passa dos 3700 metros quadrados e é capaz de abrigar outros edifícios, como o prédio da psicologia (360,44m2), construído no ano de 2006 como uma expansão importante para impulsionar a implantação do novo curso. Esse terreno fica no Distrito de Aparecida, em São Manuel, às margens da Rodovia Marechal Rondon, tendo sido construído a não mais que 300 metros da pista. O Distrito, como um todo, tem se mostrado como uma escolha acertada para a sede do Instituto, não apenas pela facilidade de acesso, mas também por seu potencial de expansão como campus universitário (várias áreas próximas são boas para futuros investimentos imobiliários) e centro de uma vida acadêmica tranquila para os professores que escolhem morar nas proximidades da faculdade. O local abriga pouco mais de 7000 pessoas, mas é famoso pelo santuário dedicado à Nossa Senhora de Aparecida e no dia 15 de agosto recebe milhares de turistas para a Festa de Aparecida de São Manuel.

            Possuindo uma dezena de amplas salas de aula, o prédio do antigo seminário ainda abriga várias salas departamentais, sala comum dos professores, cozinha, depósitos e dispensas, secretaria e tesouraria, uma pequena livraria, biblioteca com quase 18 mil volumes e ainda o laboratório de informática, com computadores conectados à internet banda larga para uso dos alunos. A área mais nova, construída como um outro prédio, abriga mais algumas salas de aula com capacidade duzentos alunos. Estima-se que, numa expansão calculada e bem gerida, além das possibilidades de ampliação e construção de novos edifícios em seu próprio terreno há ainda a chance de compra, pelo Instituto, de terrenos limítrofes, mudanças que certamente seriam acompanhadas pela expansão do mercado imobiliário local, com investimentos para moradia de estudantes.       

 

 

O Corpo Docente do IMES-SM é composto por vinte e três professores efetivos, em sua grande maioria Mestres e Doutores advindos de programas de pós-graduação de universidades de referência, como USP e UNESP. O contato com a pesquisa, seja na integração de grupos técnicos, na participação em congressos científicos ou na publicação de artigos em periódicos de suas áreas, faz parte do cotidiano dos professores, que têm a carreira acadêmica como sua prioridade, como pode ser observado em seus currículos na plataforma Lattes. Além disso, uma parcela dos docentes conta também com especializações e significativa experiência de trabalho em suas respectivas áreas, o que os têm mantido atentos à sua posição como ponte segura de conhecimentos atuais a serem transferidos aos alunos que ambicionam cargos disputados do mercado de trabalho ou um lugar nos grupos de pesquisa para dar continuidade à carreira acadêmica, como comprova o recente ingresso de alunos em especializações e mestrados profissionais.

O Corpo Discente do IMES-SM é composto integralmente por alunos da região, sendo cerca de 45% provenientes do próprio Município de São Manuel e cerca de 25% do Município de Botucatu. O Instituto recebe ainda alunos de outros munícipios, como: Anhembi, Areiópolis, Barra Bonita, Bofete, Igaraçu do Tiete, Lençóis Paulista, Macatuba, Pardinho, Porangaba, Pratânia, Santa Maria da Serra e Torre de Pedra. Muitos estudantes viajam todos os dias ao Distrito de Aparecida, o que acaba movimentando o setor privado de transportes, enquanto outros preferem residir próximos à faculdade. Os alunos fazem uso de salas com 30 estudantes (em média) e tendem a permanecer na Instituição por quatro ou cinco anos, dependendo do curso. Atualmente, a grande maioria dos ex-alunos consegue emprego no setor educacional (para os cursos de Letras e Pedagogia) ainda durante a graduação, enquanto os alunos do curso de Psicologia frequentam três estágios profissionais, dentre as várias opções disponibilizadas pelo Instituto, para prepararem-se adequadamente para o mercado de trabalho.

  

 

 

O Simpósio de Educação e Psicologia é um evento anual organizado por docentes e discentes do IMES-SM, promovendo a troca de experiências com profissionais, alunos e professores de outras instituições e localidades. Em 2017 será realizada a 5° edição do evento. Em cada ano uma candente temática é escolhida e são convidados acadêmicos das mais relevantes universidades do país para atividades como: Palestras, Mesas-Redondas, Minicursos e Apresentações de Trabalhos.

 

O IMES-SM está localizado no interior do Estado de São Paulo, no Distrito de Aparecida de São Manuel. São Manuel tem cerca de 40 mil habitantes e está localizado na região centro-sul do estado de São Paulo, distando 284 km da capital Paulista. Pertence à mesorregião sudoeste paulista, em que o município de maior densidade populacional é a cidade de Bauru, e está localizada na microrregião da Serra de Botucatu.

Situada à altitude média de 700 metros, a cidade ocupa uma área aproximada de 666km2, representando 10,4% da região de Botucatu. Limita-se ao norte com Igaraçu do Tietê, Barra Bonita e Mineiros do Tietê; ao sul com Pratânia; a leste com Botucatu e Dois Córregos e a oeste com Lençóis Paulista.

O município de São Manuel está em um importante entroncamento rodoviário, sendo que a principal via de acesso é a Rodovia Marechal Rondon proporcionando uma ligação direta com a capital paulista e a centros regionais tais como Botucatu e Bauru, aos Estados do Mato Grosso do Sul e Paraná, dentre outras localidades. Outras importantes vias de acesso são as Rodovias Chico Landi, João Mellão (SP 255) e Geraldo Pereira de Barros, além de 34km de estradas vicinais e estradas de ferro, atualmente usada pela concessionária FERROBAN/AS. Dista 1km da hidrovia Tietê-Paraná e 50km do Porto Intermodal de Pederneiras.

A economia de São Manuel é impulsionada principalmente pela indústria sucro-alcooeira e pela plantação de cana de açúcar, além de outras indústrias, o que corresponde por 30% dos empregos gerados. O setor de serviços corresponde por outros 30% dos empregos.

O distrito de Aparecida de São Manuel se localiza no km 275 da Rodovia Marechal Rondon, faz divisa com o município de Areiópolis e possui cerca de 7 mil (sete mil) habitantes. No local, está situado o santuário dedicado a Nossa Senhora Aparecida, o segundo do estado de São Paulo, fundado no ano de 1858, sendo um importante centro de recebimento de devotos e turistas.

Todos os anos, no período de 6 a 15 de agosto, é realizada a festa da Aparecida de São Manuel, em que milhares de pessoas e romeiros participam dos festejos e cerimônias. O Distrito de Aparecida de São Manuel destaca-se pela sua fé, tradição e celebração da religião. A festa ainda é um importante motor da economia tanto do Distrito de Aparecida, quanto do município de São Manuel.

De forma reiterada, o IMES-SM se beneficia da excelente localização do distrito que, além de estar às margens da Rodovia Marechal Rondon, é circundado pela rodovia João Melão (SP 255) que conecta aos municípios de Pratânia, Avaré, Barra Bonita, Igaraçu do Tietê e Jaú. Essa vantagem dá a oportunidade de receber alunos de diversos municípios circunvizinhos, sendo o transporte escolar altamente funcional para os discentes, principalmente porque muitos municípios custeiam tal transporte por meio de convênio firmado com o Instituto de Ensino Superior.

 

Fonte: IBGE

 

O Instituto Municipal de Ensino Superior de São Manuel “Prof. Dr. Aldo Castaldi” tem como missão oferecer ensino de qualidade à população de São Manuel e região, realçando sua forte vocação social de proporcionar o acesso ao ensino superior. O IMES-SM visa oferecer um ensino que prioriza a interdisciplinaridade e a atualização constante, fazendo uma ponte com a realidade exterior e os conceitos desenvolvidos dentro da academia, buscando formar um profissional ético que atue em consonância com os direitos humanos e que seja sensível as questões igualitárias.

 

O Instituto Municipal de Ensino Superior de São Manuel “Prof. Dr. Aldo Castaldi”, além das finalidades previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº. 9.394/96), tem por intuitos:

  • Contribuir, na área dos cursos ofertados, para a preservação e expansão do patrimônio cultural do país;
  • Cooperar com a comunidade visando o desenvolvimento dos seus valores culturais e promovendo a inclusão social;
  • Manter intercâmbio científico e cultural com instituições congêneres;

·         Criar, difundir e ministrar cursos, congressos, seminários, simpósios e conferências sobre assuntos relacionados à pesquisa e ao ensino.